terça-feira, 13 de dezembro de 2016

O estranho suicídio de Sheraton


No dia 31 de maio de 2016, uma mulher de 27 anos saltou para a morte do telhado do Hotel Sheraton em Lima, Peru. A jovem colombiana, identificada posteriormente como sendo Paola Dominice Perez, chegou ao Peru com um grupo de "Hare Krisna", e estava hospedada em outro hotel. No entanto, sabe-se lá de que forma, Paola conseguiu burlar a segurança do Hotel Sheraton, subiu até o ultimo andar do mesmo e se jogou por cerca de 20 andares (70 metros).


De acordo com testemunhas, a mulher passou cerca de 20 minutos na borda do telhado, deliberando sobre o suicídio, e pouco antes de saltar, pronunciou as palavras: "Mi vida no tiene sentido" ou "Minha vida não tem sentido".

Muitas pessoas presenciaram a chocante cena, algumas delas inclusive chegaram a gravar e a fotografar a triste situação com seus celulares. Este seria mais um trágico suicídio, se não fosse uma particularidade, percebida apenas pelos olhos mais atentos. Em alguns registros feitos momentos antes de Paola se atirar do prédio, pode-se notar mais alguém no telhado além da moça. Uma figura taciturna, que parece observar atentamente os movimentos de Paola, sem que esta sequer note sua presença.


Veja a foto sem o circulo:



O indivíduo, que aparentemente chegou ao local bem antes da polícia, dos bombeiros e ainda antes da família ou dos amigos da mulher, se faz presente em uma fotografia tirada por um morador de um complexo de apartamentos ao lado do Hotel Sheraton (foto acima), enquanto em um outro vídeo, é possível ver a parte de sua cabeça por cima do muro que cerca o telhado.


Algumas pessoas afirmam que trata-se nada menos que uma antena, poste ou outro aparato próprio do hotel, mas uma foto tirada antes do ocorrido mostra que não havia nada no telhado que pudesse causar esta impressão:


Se realmente era uma pessoa, quem era? O que fazia? Por que não impediu Paola de se suicidar? Por que as mídias e jornais do Peru sequer citaram sua presença em suas reportagens? Por que a polícia não o procurou para depoimento? E se não era uma pessoa, afinal de contas, o que era? Deixe sua opinião.

Lembrando que se você ou alguém que você conheça esteja cogitando a possibilidade de cometer suicídio, procure imediatamente ajuda médica e busque informações no CVV

Fontes da pesquisa: La Republica
El Intransigente

6 comentários:

  1. nossa... medo dessas coisas. tenho pavor de suicídio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm Malu, por isso deixo sempre no fim dos posts relacionados à suicídio o número do CVV. Só quem teve casos de suicídio na família sabe como isso pode afetar negativamente a própria vida. Infelizmente a depressão ainda não é levada com a devida seriedade..

      Excluir
  2. Sheroza, nem acredito que o blogue voltou *----*
    *Saio correndo e dou um abraço na Metzger*
    Por favor,não interrompe as pastagens de novo,se não vou me ver obrigado a invocar o tio Valak pra fazer uns pactos @-@

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica tranquilo, Lu! Prometo que vou fazer tudo ao meu alcance para que nós não sejamos obrigados à vender nossas almas HAHAHA!

      UM BJO!!

      Excluir
  3. sinistro , seja la o que for parece bem magro ( desnutrido coitado ) e pálido , olha oque supostamente seria a cabeça, parece até uma bola de golfe de tão branca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. À primeira vista me lembrou o Slender Man: alto, branco, careca e até parece estar de terno..

      Excluir